Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
dietaja1

Video E Interatividade Na sua Estratégia De Marketing


Como Ganhar Dinheiro Na Web Em 6 Passos Certeiros!


Uma estratégia de tarifação bem estabelecida envolve não apenas entender os preços da concorrência e seus custos, assim como também as motivações de seu público-alvo. Os clientes on-line apresentam uma muito bom tendência para responder a certos tipos de preços, que é denominado como valor com choque psicológico. É uma forma estratégica e complicada de atribuir preços a seus produtos pra orientar seus potenciais consumidores a finalizar tuas decisões de compra.


É assim sendo que os varejistas on-line estão continuamente tentando assimilar as motivações dos potenciais consumidores pra desenvolver preços de ancoragem para as compras. Assim sendo, para definir estratégias, é fundamental existir uma melhor entendimento dos preços com encontro psicológico e a forma como as nossas mentes encaram os preços. Vamos chegar mais profundamente as estratégias de tarifação com encontro psicológico que são usadas no comércio eletrônico pra estimular as intenções de compra dos freguêses e afirmar como você pode aplicá-las em seus próprios produtos.


  1. 2001 - Parasceve. Puzzles e Ironias

  2. Como configurar o Google Analytics em teu website

  3. Uso de title e alt nas imagens

  4. Aumenta a produtividade



Imediatamente ouviu falar do poder do 9? Essa é a estratégia em que você termina um preço com um “9” ao invés de um “0”. É uma técnica muito comum, especialmente em lojas físicas, entretanto bem como poderá ser encontrados em lojas virtuais. Deste modo, os preços dos produtos que terminam em “9” são considerados “a” oferta que não se pode perder. Como tornar um preço cativante mais capaz?


Não fica por aqui! Existem maneiras adicionais de melhorar o efeito de um valor cativante. No estudo de Thomas e Morwitz “the left-digit effect in price cognition” está provado que, se o dígito mais à esquerda muda pra um grau mais pequeno, as taxas de conversão serão mais elevadas. Por outro lado, se os dígitos à esquerda forem alterados, você irá ver que as taxas de conversão serão impulsionadas.


Foi o que a Apple fez na sua loja on-line. Esse gigante da eletrônica não recorreu ao exercício de preços com encontro psicológico somente aplicando o número nove no término do preço, eles mudam todos os dígitos à esquerda. Acima, destacamos várias vezes o efeito positivo dos preços cativantes e do 9 mágico, mas aquilo que você está vendendo bem como deve ser um fator decisivo na forma como você comercializa seus produtos visualmente. Compras feitas de acordo com decisões racionais. Compras feitas de acordo com euforia emocional. Dependendo de onde seus produtos se enquadram nessas duas vertentes, tuas estratégias necessitam ser diferentes e é aí que os preços com prestígio e os preços cativantes se separam. Os preços com prestígio são adequados para produtos de particularidade, luxuosos e que desencadeiam emoções.


Definir preços arredondados em produtos que evocam emoções convertidas são melhores pra conversão. Neste momento consigo ouvir um POR QUE? No momento em que uma compra é motivada pelos sentimentos, os preços arredondados resultam em uma experiência subjetiva de uma intuição agradável”. Os produtos que apresentam razões emocionais como como esta bela decoração de madeira, ou uma bolsa de uma marca luxuosa, são capazes de se privilegiar dos preços arredondados.


No entanto, os produtos funcionais ou os produtos que desencadeiam a lógica conseguem se auxiliar da utilização de preços não arredondados. Abaixo acha-se um exemplo notável de um preço com prestígio. A organização de moda Micheal Kors aplica preços arredondados às tuas bolsas deslumbrantes, brilhantes e evocadoras de emoções. Uma compradora on-line não quer saber das tuas dimensões, peso, altura, ou outras características funcionais. Está apaixonada pelo design, pelas cores e pelas emoções que sente no momento em que a vê. Em suma, os clientes não devem fazer várias contas pra comprar esses produtos. Na realidade, evidenciar demasiados dados podes cortar a simplicidade do método e até reduzir a taxa de conversão.

Tags: blog

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl